música nessa área do turismo invenção de

-

mais de 16 milhões de pessoas curtiram cerca de 5000 horas de música em palcos trios e camarotes nos principais circuitos da folia de Salvador uma festa que movimenta os cofres do Estado estimativas feitas pela secretaria municipal de cultura e turismo apontam que os prejuízos com a suspensão do carnaval podem ultrapassar r$ 1800000 de reais em torno de 250 mil postos de trabalho desde onde serão gerados em toda a cadeia ligada ao setor sofre os impactos na base dessa cadeia dá o Edson o operário do som como ele mesmo se define precisam se reinventar na pandemia e buscar outras fontes de renda é que já são 11 meses sem nenhum evento e agora sem o carnaval Carnaval é como se fosse o nosso décimo terceiro onde é o momento que tá na vitrine tá dando dia de um melhor que estão dobrado né e a gente consegue ter uma reserva para os dois três meses Sandro que é sócio de um dos maiores camarotes do carnaval baiano e recebia cerca de 4000 pessoas por dia no espaço demitiu 80% do quadro fixo de funcionários e teve grande parte do faturamento da empresa comprometido de carnaval a gente gera em torno de uns mil empregos diretos por trás das festas e 21 profissional profissionais muito grande que dá suporte para realização de uma festa do tamanho que é o carnaval de Salvador do motor que movimenta o Carnaval da Bahia os trios elétricos que garantem som imponência para festa que leva milhares de pessoas as ruas hoje estão parados ainda com as marcas do carnaval passado só neste galpão são 12 que não saem desde a quarta-feira de cinzas um prejuízo de cerca de um milhão de reais segundo o presidente da associação baiana de trios elétricos as perdas para o setor passam de 50 milhões de reais mas considerando a cadeia indireta é ainda maior Jana tudo da faxineira a menina da limpeza que limpa o camarim porte justa ao borracheiro que a gente entrega na estrutura lá técnicos caminhões motoristas interesse geram prejuízo isso a gente tá calculando o dinheiro que deixou de entrar e o prejuízo do equipamento parado enquanto a folha é só saudade Mateus vai levando alegria longe da multidão mas com compromisso de segurança em primeiro lugar a preocupação social já nos falou que somente quando tiver imunização total é que nós vamos voltar é isso aí Mateus é por isso que também né as pessoas dependem de apoio das prefeituras do estado do governo federal para conseguir se manter no momento tão difícil como esse o Recife não tem o tradicional carnaval da cidade mas nem por isso nem na festa foi esquecida compõem agora aí na reportagem da Daniele Fonseca na cidade mas se você olhar direitinho vai perceber que receberam a missão de dar cara nova oito Moraes espalhados pelo Recife trocar um muro todo branco por obras de arte cheias de vida e alegria mas com conscientização a principal missão foi deixar nos grafites representações de figuras importantes do carnaval pernambucano acompanhadas de mensagens de cuidado e respeito aos protocolos de segurança que o momento exige use máscara proteção sempre mantémmas ele continua vindo aqui né para animar

---

Solicite mais informações

avatar
  Subscribe  
Notify of